ENSAIO A FUNDO: KTM SCARP MARATHON

23 Abril 2020

Apresentada em primeira mão no EuroBike Media Days no início de Julho de 2019, foram muitos os jornalistas e portais de ciclismo que se aglomeraram para ter oportunidade de testar a KTM Scarp na versão MT (Marathon). Qual é a diferença da MT para a 'normal'? O curso: a MT tem 120mm de curso dianteiro e 115mm de curso traseiro (a versão 'normal' tem 100 e 95mm respetivamente).

ENSAIO A FUNDO: KTM SCARP MARATHON

 

Disponível em exclusivo nas lojas oficiais KTM Bike Portugal, o atleta David Vaz foi um dos primeiros atletas nacionais a perceber uma simples regra: nunca subestimes o poder de mais curso. Mais confiança nas descidas e suavidade nos pisos difíceis são sinónimos de mais velocidade! Atleta de agenda bem preenchida, saímos com a nossa equipa para o terreno para o acompanhar durante uma tarde de treino.. e aproveitamos para analisar a montagem criteriosa da sua KTM Scarp MT Prestige.

 

David Vaz
David Vaz
 
 

PRIMEIRO CONTATO:

Logo ao primeiro olhar, é evidente que a bicicleta está praticamente de origem mas conta com alguns detalhes de gosto pessoal.

 

A BICICLETA EM DETALHE:
O primeiro contacto com bicicleta foi em Janeiro e serviu para serem efetuados as primeiras avaliações e ajustes de ergonomia, além de algumas alterações de componentes: David Vaz optou por alterar o selim para o modelo Selle SMP F30, montou um prato oval AbsoluteBlack, acentuou a garra da bicicleta com um avanço com inclinação negativa Ritchey Logic e colocou uma cereja no topo do bolo: rodas em carbono!

 

Com tantos assuntos e detalhes sobre a KTM Scarp MT para falar, apresentamos em três curtas-metragens um resumo de cada um dos destaques da bicicleta do carismático atleta David Vaz, com entrevistas e opiniões em pleno andamento! Ouve com atenção!

 

David Vaz

 

PRIMEIRA REVELAÇÃO: a KTM Scarp Marathon com 120 e 115mm de curso!


Na época de 2020, o atleta David Vaz fez uma aposta pioneira: uma bicicleta de maratonas com mais 20mm de curso que o normal. Esta visão é também uma estratégia inteligente de competição: conhecendo as suas fortes qualidades e virtudes em terreno aberto que tantas vezes surpreendem os adversários, David Vaz encontrou na KTM Scarp MT um 'bónus' de sólida e firme confiança para, nos momentos teoricamente mais lentos e técnicos, ganhar preciosos segundos e distância sobre os seus adversários em corrida.

 

 

O PODER DE MAIS CURSO:

Com 120mm à frente e 115mm atrás, a facilidade em manter velocidade nos trilhos mais adversos traduz-se numa preciosa vantagem no cronómetro

A OPINIÃO:
'É nestes trilhos que tiro maior partido da minha Scarp MT Prestige'; 'Sem dúvida, a minha melhor escolha'. Esta bicicleta com geometria evoluída para maratonas foi integralmente revista e, na versão 2020, todos os ângulos e dimensões foram ligeiramente alterados mas, no terreno, retribui um desempenho extraordinariamente eficaz nos trilhos mais técnicos. Com apenas mais 20mm de curso do que a versão 'normal', a KTM SCARP MT responde à crescente tendência de percursos mais técnicos com uma capacidade superlativa de manter a velocidade e reforçar a confiança do atleta na bicicleta.

 

SEGUNDA REVELAÇÃO: os pratos ovais AbsoluteBlack!


Na segunda curta-metragem revelamos um 'segredo' utilizado pelo atleta David Vaz: pratos ovais AbsoluteBlack. Como funcionam? Durante a pedalada, basicamente existem duas fases: a fase de potência - quando pressiona no pedal - e a fase neutra - quando não está a pressionar no pedal. A cadência das rodas dentadas simétricas, ie - tradicionais - tem picos de energia intensos na fase de potência, pese embora sejam assumidos na forma de pedalar natural.


 

OVAL REVOLUTION:

Pergunta: os pratos ovais Absoluteblack vão-te tornar mais rápido? Resposta: Sim e não! Diretamente, não te vão tornar mais rápido... mas vais poder pedalar à mesma velocidade com menos energia.

A OPINIÃO:
'Com o prato AbsoluteBlack, a pedala é sempre constante pois não há pontos mortos'; 'É o prato que uso à algum tempo e irei continuar'. A cadência redonda, mais suave e progressiva, tem uma vantagem direta na redução do cansaço que os picos de energia provocam nas subidas e momentos de maior intensidade. A suavidade significa que o ciclista consegue manter a cadência mais constante, reduz o stress nos joelhos e por isso mesmo consegue manter um certo nível de esforço durante muito mais tempo (subidas!!). O resultado direto é: melhor velocidade média. E os estudos biomecânicos comprovam a diferença: os pratos ovais utilizam maior grupo de músculos (comparando com os redondos), mas cada um com menos intensidade. A força da pedalada é distribuída por uma grande massa muscular que transmitem uma sensação de pernas soltas e relaxadas, mesmo após uma grande subida.

 

TERCEIRA REVELAÇÃO: o selim anti-prostático Selle SMP


'NO MORE PRESSURE': grava isto, é este o conceito Selle SMP! Quatro patentes mundiais desenvolvidas em colaboração com uma equipa de médicos Urologistas e Andrologistas, suportado ainda com estudos publicados no "Journal of Sexual Medicine"! A SELLE SMP resolveu - de facto - a dormência, ardor e demais problemas genitais derivados do ciclismo. Bem mais do que um selim, é um "ovo de colombo" no ciclismo! Os selins Selle SMP são um autêntico e franco legado incrivelmente importante no mundo do ciclismo. O design anatómico e ergonómico dos selins SELLE SMP é 100% fundamentado a partir de investigação médico-científica: mais precisamente, em 62 artigos e investigações médicas internacionais. O canal central totalmente aberto é transversal a todo o selim, desde a frente até atrás. Seja qual for a posição do ciclista, a geometria anatómica previne a compressão da zona perineal, evitando oclusão das veias e compressão de nervos.

 

 

NO MORE PRESSURE:


Todos os selins SELLE SMP possuem uma identidade estrutural única: a geometria anatómica é unisexo, pois se os problemas dos ciclistas homem/mulher são os mesmos, a resposta da Selle SMP é exatamente igual.

 

A OPINIÃO:
'Eu uso o Selim F30 Compact, é um selim mais curto e bastante leve e ajustável à posição do corpo'. Nos selins SELLE SMP, a área de suporte do peso do ciclista está distribuído pelos ossos pélvicos e pelas nádegas.. ou seja, é nesta estrutura que o selim suporta o peso do corpo e se apoiam uma série de músculos ligados ao movimento. A Selle SMP abordou 62 publicações internacionais que revelaram e investigaram os problemas e patologias comuns aos ciclistas. No primeiro balanço, 70% dos ciclistas, entusiastas e cicloturistas, homem ou mulher, têm problemas de circulação sanguínea! A compressão da zona perineal causa pressão sobre as estruturas neuro-vasculares com consequências diretas na fisiologia genital (dormências é o sintoma mais comum). A geometria do selim é um fator determinante na redução da compressão e, é o mais importante fator a ser considerando e avaliado no momento de adquirir um selim. Os resultados científicos obtidos demonstram que os selins SMP garantem maior fluxo sanguíneo nos genitais e são a melhor, a mais evidente e fundamentada solução do mercado de ciclismo com garantia de elevada performance física e maiores benefícios de saúde.

 

Mais sobre a KTM Scarp Marathon:
Clica para ficares a conhecer a gama completa KTM Scarp [Link para a página] além das melhores reações da imprensa à nova Scarp MT [Link para a página]

Mais sobre os Pratos Ovais AbsoluteBlack:
Clica para ler um pouco mais sobre as vantagens dos pratos ovais AbsoluteBlack [Link para a página]

Mais sobre os Selins Selle SMP:
Clica para ficares a conhecer os 5 pontos-chave dos selins Selle SMP [Link para a página]

@ktmbikeportugalJUNTA-TE A NÓS NO INSTAGRAM